O que visitar?

Cânion dos apertados

Este está localizado em uma propriedade particular, a fazenda Aba da serra.

Suas rochas, de base cristalina, se apresentam com diversas formações devido ao processo de erosão.

O Cânion corta a Serra do Chapéu, divisa com o estado da paraíba e por este passam as águas do Rio Picuí e do rio que passa na cidade e desagua no açude Gargalheiras, fonte hidrográfica da cidade vizinha, Acari.

Em sua localidade é notória a diversidade de fauna e flora, tendo como paisagem a caatinga bem preservada, guardando os pequenos poços que se formam a partir das chuvas e cheias.

Esta localidade está contida em terras particulares e é paga uma quantia de 5 reais, por pessoa, para a visitação.

Pedra do sino

Localiza-se no Sítio totoró, cerca de 12 km do centro da cidade. As atividades desenvolvidas na localidade é a observação da formação geológica e o tipo da flora é a caatinga.

É aberto a visitação durante todo o ano, porém o atrativo encontra-se em propriedade privada.

A taxa para entrada é de 2 reais por pessoa.

Foto: Carla Belke
Foto: Adriano Santori
Fonte: sertaodourado.com.br
Prédio histórico

Construído no auge do ciclo do algodão em Currais Novos no início do século XX, o prédio histórico foi construído na esquina da Praça Tomaz Salustino com a Avenida Cel. José Bezerra. Com projeto arquitetônico arrojado, o prédio construído em 1924 possui dois pavimentos, fachada decorada com linhas e figuras geométricas típicas da arquitetura moderna do início do século passado

Fonte: Prefeitura de Currais Novos
Fundação Cultural José Bezerra Gomes

A Fundação Cultural “José Bezerra Gomes” é uma entidade vinculada à Secretaria Municipal de Educação da cidade de Currais Novos. Esta, tem como objetivo, cuidar de bibliotecas, personalidades musicais, museus e tradições que signifiquem e se apresentem a tradição do povo. A Fundação Cultural foi instalada em 17 de março de 1993, com a finalidade principal de resgatar, organizar e conservar o acervo bibliográfico e documental do Sr. José Bezerra Gomes e de monumentos históricos salvos e referentes à época.

Fonte: SEMTUR
Coreto Guarany

O Coreto Guarany é um monumento histórico/

cultural, Localizado no  Largo da Av. Cel. José Bezerra, centro de Currais  Novos/ RN, tem sua arquitetura civil e foi criado em comemoração ao Centenário da Independência do Brasil, em 1922, homenageando, também, a música “O Guarany”, de Carlos Gomes.

Casarão de poesia

A associação Casarão da Cultura Potiguar, popularmente conhecida como Casarão de Poesia, atua desde 2006 na cidade de Currais Novos/RN. Nos três primeiros anos o grupo apresentou várias intervenções poéticas em escolas, instituições e outros espaços públicos e privados da cidade e região. Em 2009, o Ministério da Cultura cedeu um espaço de leitura, que incentivou o grupo a se tornar pessoa jurídica e disponibilizar o acervo à comunidade curraisnovense. No ambiente da biblioteca, ocorrem ensaios da Orquestra de Violões e do Grupo de Choro Cangaia. Os visitantes tem acesso, a empréstimo de filmes e usos de jogos. O casarão promove uma série de atividades, onde se destacam o incentivo a leitura, por meio da realização periódica de Noites de Poesia, recitais itinerantes, oficinas de poesia, encontros com autores e ainda aulas de violão, as visitas ocorrem de maneira  constante de escolas ao espaço cultural. Sua missão é Ajudar a transformar um pouco a sociedade através de atividades culturais. Seu horário de funcionamento é de segunda a sexta e seu acervo tem por conjuntos: economia à poesia, de leis à educação.

Pico do Totoró

O pico do Totoró se localiza no Sítio Totoró, localidade onde se deu origem a cidade de Currais Novos.  Com a altura 275m, as atividades desenvolvidas no pico são: escalada, trilha e observação da fauna e flora. Tendo como sua característica flora da Caatinga, os melhores meses para a observação são de maio à julho.

Fonte: SEMTUR
Fonte: Panoramio